3.3. Diálogo de texturas

No GIMP, uma textura é uma imagem pequena usada para preencher áreas com cópias dela mesma colocadas lado a lado. Veja a seção sobre texturas para informação básica sobre Texturas e como elas podem ser criadas e utilizadas.

Você pode usa-las com a ferramenta de Preenchimento e de Clonar e também diretamente com o comando Preencher com textura.

O diálogo de Texturas é usado para selecionar uma textura, clicando-se na visão de lista ou de grade; a textura selecionada se torna visível na área de Pincel/textura/Degradê da Caixa de ferramentas (se a mesma estiver visível). Algumas dezenas de texturas escolhidas mais ou menos ao acaso acompanham o GIMP, e você pode facilmente adicionar texturas que você mesmo faça.

3.3.1. Ativando o diálogo

O diálogo de Texturas é um diálogo de encaixe;veja a seção Seção 2.3, “Caixas de diálogo e de encaixe” para mais informações sobre como gerenciá-lo

Você pode acessa-lo:

  • From the Toolbox, by clicking on the pattern symbol in the Brush/Pattern/Gradient area (if you have checked the Show active brush, pattern and gradient option in the toolbox preferences).

  • Do menu da janela de imagens em JanelasDiálogos de encaixeTexturas.

  • Do menu de guias de qualquer diálogo de encaixe, clicando em e selecionando Adicionar abaTexturas.

  • Do diálogo de Opções de ferramenta para as ferramentasClonar e Preenchimento, clicando no botão usar textura como fonte, e então na miniatura da textura, surge uma lista flutuante com funcionalidade similar ao diálogo, que permite que você escolha uma textura diretamente da lista; Se você clicar no botão com ícone de baldinho no canto inferior direito dessa lista, você abre o diálogo de texturas real. Perceba que, dependendo da configuração de suas Preferências, uma textura selecionada nessa lista pode afetar apenas a ferramenta ativa, sem modificar as outras ferramentas. Veja a seção de Preferências de opções de ferramentas para maiores informações.

3.3.2. Usando o diálogo de texturas

Modo de Grade/Lista

No menu de Guias, você pode escolher entre Ver como grade e Ver como lista. No modo de Grade, as texturas aparecem numa grade retangular, tornando fácil ver muitas de uma vez e encontrar a que você está buscando. No modo de Lista, as texturas ficam numa lista, com os nomes de cada uma ao lado das miniaturas.

[Dica] Dica

Independente do tamanho real de uma textura, todas são mostradas do mesmo tamanho no diálogo. Isso significa que para texturas grandes, você vê apenas uma pequena parte das mesmas no diálogo, não importa se ele está no modo de grade ou de lista. Para ver a textura inteira, simplesmente clique em uma das miniaturas, e mantenha o botão do mouse apertado por um segundo.

[Nota] Nota

No menu de Guias, a opção Tamanho da pré-visualização permite que você adapte o tamanho das miniaturas de texturas a seu gosto.

Figura 15.39. O diálogo de Texturas

O diálogo de Texturas

Visão em lista

O diálogo de Texturas

Modo de grade


Usando o diálogo de Texturas (modo de grade)

No alto, aparece o modo da textura atualmente selecionada, e sua dimensão em pixels.

No centro, aparece a visão em grade de todas as texturas disponíveis, com a textura selecionada em destaque. Clicar em uma delas configura-a como a textura atual do GIMP, e faz com que ela apareça na opção respectiva das ferramentas que usam textura, e na Caixa de ferramentas se a área de Pincel/Textura/Degradê estiver habilitada nas preferências. Você também pode arrastar e soltar uma miniatura de textura diretamente para a janela de imagens para preencher com a textura imediatamente, sem precisar usar a ferramenta de Preenchimento.

Usando o diálogo de Texturas (visão em lista)

Nessa visão, ao contrário da grade, você vê uma lista de texturas, cada qual rotulada com seu nome e tamanho. Clicar numa linha da lista faz com que aquela textura se torne a textura ativa do GIMP, como no modo de grade.

Se você der um duplo-clique no nome de uma textura, você poderá editar seu nome. No entanto, perceba que você só pode renomear texturas que você mesmo tenha adicionado, não as que vem junto com o GIMP. Se você editar um nome que não tenha permissão de alterar, assim que você pressionar Enter ou mudar para outro campo, o nome será revertido para o nome anterior.

Tudo mais na visão em lista funciona da mesma forma que a visão de grade.

Remover textura

Pressionar este botão remove a textura da lista, e faz com que o arquivo que a representa seja apagado do disco. Note que você não pode remover nenhuma das textura que vem junto com o GIMP e estão instaladas na pasta de texturas do sistema (patterns); Você só pode remover as texturas que você adicionou em pastas onde você tenha permissão para escrever.

Atualizar texturas

Pressionar este botão faz com que o GIMP busque todas as pastas de texturas configuradas nas suas Preferências, adicionando todas as novas texturas que encontrar à lista. Esse botão é útil quando você adiciona novas texturas a uma pasta e quer torna-las disponíveis sem precisar reiniciar o GIMP.

Abrir textura como imagem

Se você clicar nesse botão, a textura atual será aberta em uma nova janela de imagens. Assim você pode editá-la. Se você tentar exportá-la de volta, mesmo com um novo nome, é possível que você tenha um erro de Permissão negada, por que as texturas do sistema em geral ficam em pastas protegidas em que só o administrador do sistema pode escrever. Mas você pode olhar na sessão de Pastas das preferências qual a pasta de texturas da área de usuário, onde você poderá gravar as suas próprias texturas. Qualquer tipo de arquivo de imagem do GIMP pode ser usado como textura - o tipo .pat foi desenvolvido no passado especialmente para isso, mas a única coisa que ele tem a mais é que pode conter um nome de textura diferente do nome do arquivo.

3.3.3. Rotulando

Você pode usar rótulos (tags) para reorganizar a exibição de texturas. Veja Seção 3.6, “Rotulando”.

3.3.4. O menu de contexto de Texturas

Você chega até ele clicando com o botão da direita no diálogo de Texturas. Os comandos deste menu estão descritos na seção sobre os Botões, exceto a opção Copiar localização da textura, que permite copiar o caminho completo do arquivo de texturas para a área de transferência.

3.3.5. A Textura da área de transferência

Quando você usa o comando de Copiar ou Cortar, uma cópia surge como uma nova textura no canto superior esquerdo do diálogo de Texturas. Essa textura irá persistir até que você use o comando Copiar (ou Cortar) novamente. Ela desaparecerá se você fechar o GIMP.

Figura 15.40. Uma nova Textura de área de transferência

Uma nova Textura de área de transferência

[Nota] Nota

Você pode persistir essa textura da área de transferência usando o comando EditarColar comoNova textura assim que ela aparecer no diálogo de Texturas.