3.2. Diálogo de pincéis

Figura 15.33. O diálogo de pincéis

O diálogo de pincéis

O diálogo de Pincéis é usado para selecionar um pincel para ser usado com as ferramentas de pintura. Veja a seção de Pincéis para informações básicas sobre pincéis e como eles são usados no GIMP. O diálogo também dá acesso a várias funções para manipular pincéis. Você pode selecionar um pincel clicando no mesmo na lista: ele será exibido na parte de Pincel/Textura/Degradê da caixa de ferramentas (se a mesma estiver visível). O GIMP vem com vários pincéis, diferentes um do outro, por que o tamanho, proporção e o ângulo de cada pincel podem ser ajustados nas opções de ferramenta para cada ferramenta de pintura. Você também pode criar pincéis personalizados usando o Editor de pincéis, ou exportando imagens para um formato de arquivos especial usado para pincéis do GIMP.

3.2.1. Ativando o diálogo

O diálogo de Pincéis é um diálogo de encaixe; veja a seção Seção 2.3, “Caixas de diálogo e de encaixe” para ter mais informações sobre como gerenciá-lo.

Você pode acessa-lo:

  • from the Toolbox, by clicking on the brush symbol in the Brush/Pattern/Gradient area (if you have checked the Show active brush, pattern and gradient option in the toolbox preferences).

  • Do menu da janela de imagens em JanelasDiálogos de encaixePincéis.

  • Do menu de guias de qualquer diálogo de encaixe, clicando em e selecionando Adicionar abaPincéis.

  • Do diálogo de opções de ferramenta de qualquer uma das ferramentas de pintura, clicando no botão que tem a representação do pincel atual, você vê uma lista flutuante, que permite que você escolha um pincel diretamente, se você clicar no botão que fica no canto inferior direito dessa lista, você abrirá o diálogo de pincéis completo.

    O diálogo de Pincéis simplificado

    Esta janela tem cinco botões, explicados claramente pelos balões de ajuda que aparecem:

    • Pré-visualizações menores

    • Pré-visualizações maiores

    • Ver como lista

    • Ver como grade

    • Abrir o diálogo de pincéis

    Perceba que, dependendo das suas preferências, um pincel selecionado pela lista flutuante pode se aplicar somente à ferramenta ativa, não a todas as ferramentas. Veja a seção de Preferências da caixa de ferramentas para ter maiores informações.

3.2.2. Usando o diálogo de Pincéis

3.2.2.1. Modos de grade/lista

No menu de giuas, você pode escolher entre Ver como grade e Ver como lista. No modo de Grade as formas de pincel ficam dispostas de forma retangular, tornando fácil ver vários de uma vez e encontrar o que você quer. No modo de lista, as formas ficam em uma lista, uma abaixo da outra, com o nome de cada pincel do lado direito.

No meu das guias, as opções de Tamanho da pré-visualização permitem que você possa adaptar o tamanho das pré-visualizações de pincel para um que seja confortável.

Figura 15.34. Ver como grade/lista

Ver como grade/lista

Ver como grade

Ver como grade/lista

Ver como lista


Modo de grade

Na parte de cima do diálogo aparece o nome do pincel atualmente selecionado e o tamanho em pincéis.

No centro, aparece a visão em grade com todos os pincéis disponíveis, com o pincel atualmente selecionado em destaque.

Modo de lista

Em quase todos os aspectos, o diálogo se comporta da mesma forma no modo de Grade ou modo de Lista, com uma exceção:

Se você der um clique-duplo no nome de um pincel, você poderá editá-lo. Entretanto, em geral, você só pode alterar o nome dos pincéis que você mesmo tenha criado, não os que vêm pré-instalados com o GIMP. Se você tentar mudar o nome de um pincel pré-instalado, você não verá um erro, mas assim que apertar Enter, o nome anterior será restaurado. É uma regra geral que você não pode alterar o nome ou outras propriedades de recursos pré-instalados com o GIMP: Pincéis, texturas, degradês, etc... apenas os que você cria. Isso no entanto não é mágica: se você alterar as permissões do seu sistema operacional onde os recursos são guardados, e alterar as permissões de cada pasta nas Preferências do GIMP, você poderá alterá-los.

3.2.2.2. Pré-visualizações de pincel

Figura 15.35. O diálogo de Pincéis

O diálogo de Pincéis

Quando você clica numa pré-visualização de pincel, ele se torna o pincel atual e fica seleciona na área de pincel da Caixa de ferramentas (se ela estiver visível, conforme configurados nas preferências), e na opção de pincel nas opções de ferramenta das ferramentas de pintura. Ao fazer um click-duplo numa pré-visualização, você ativa o Editor de pincéis. Você também pode clicar nos botões na parte de baixo do diálogo para realizar várias ações.

O significado dos pequenos símbolos no canto inferior direito das pré-visualizações de pincel:

  • Um canto azul é usado para pincéis de tamanho normal. Você pode duplica-los.

  • Uma pequena cruz significa que a pré-visualização está mostrando uma imagem em tamanho reduzido. Você pode ver o pincel em seu tamanho real (se for baseado em pixels) clicando na pré-visualização com o botão esquerdo e mantendo-o pressionado.

  • Um canto vermelho significa que se trata de um pincel animado. Você pode manter o o botão do mouse pressionado sobre a pré-visualização para ver todos os quadros que compõem o pincel.

3.2.2.3. Rotulando

Você pode usar rótulos (tags) para reorganizar a visualização dos pincéis. Veja Seção 3.6, “Rotulando”.

3.2.2.4. Botões na parte de baixo

Na parte debaixo do diálogo, você vai encontrar alguns botões:

Espaçamento

Esse controle faz com que você possa configurar a distância entre marcas consecutivas do pincel quando você traça uma pincelada com o ponteiro do mouse (ou com uma das opções de editar->contornar). O espaçamento é uma percentagem da largura do pincel.

Editar pincel

Isso ativa o Editor de pincéis. Ao se pressioanr o botão, o Editor de pincéis é aberto para qualquer pincel. No entanto, ele só funciona para pincéis do tipo paramétrico: para qualquer outro tipo de pincel, o editor vai apenas lhe mostrar o pincel, mas não vai permitir nenhuma edição.

Novo pincel

Cria um novo pincel paramétrico, que é inicializado como um pincel pequeno, circular e enevoado, e abre o Editor de pincéis, de forma que você possa modificá-lo. O novo pincel é salvo automaticamente na sua pasta de pincéis pessoais do GIMP (brushes)

Duplicar pincel

Este botão só fica habilitado se o pincel atualmente selecionado for um pincel paramétrico. Se for, o pincel é duplicado, e o Editor de pincéis é aberto de forma que você possa modificar a cópia. O resultado é salvo automaticamente na sua pasta pessoal de pincéis do GIMP (brushes)

Remover pincel

Esta opção está ativa apenas para pincéis paramétricos, ou outros pincéis que você tenha criado com a exportação de arquivos para uma pasta com pincéis do GIMP. Ela remove todos os traços do pincel, do diálogo e da pasta onde ele está guardado se você tiver permissão de escrita na mesma. Ele pede confirmação antes de fazer qualquer coisa.

Atualizar pincéis

Se você adicionar pincéis à sua pasta pessoal de pincéis (que tem o nome padrão de brushes, na sua área de dados pessoal do GIMP), exportando um arquivo diretamente para lá, este botão faz com que a lista de pincéis seja atualizada, de forma que os novos pincéis fiquem visíveis no diálogo.

Open brush as image

New option in GIMP-2.10.10: you can edit this image, copy it and Edit>Paste as>New brush. This is different from Seção 3.2.3, “Editor de pincéis” that allows to modify an existing brush.

As funções realizadas por esses botões também estão acessíveis através do menu de contexto do diálogo, que pode ser ativado clicando-se com o botão da direita em qualquer ponto da lista ou grade de pincéis, ou escolhendo o item Menu de pincéis do meu de guias da caixa de diálogo.

3.2.2.5. O menu de contexto de Pincéis

Figura 15.36. O menu de contexto de Pincéis

O menu de contexto de Pincéis


Clicar com o botão da direita sobre uma pré-visualização de pincel abre um menu de contexto. Esse menu tem algumas opções para criação automática de pincéis elípticos ou retangulares. Esses pincéis podem ser enevoados, mas não são pincéis paramétricos: as opções ativam scripts do GIMP que existem desde antes dos pincéis paramétricos serem criados.

Os outros comandos deste menu estão descritos nos Botões do diálogo, exceto a opção Copiar local do pincel, que copia o caminho do arquivo de um pincel para a área de transferência. Ao usar a opção ArquivoAbrir URL, e colando esse caminho lá (CTRL + V), você pode importar o pincel como uma imagem do GIMP. E por fim, há uma opção que cria novos pincéis no GIMP, ma snão está neste menu - veja Arquivo->Criar->Novo pincel a partir de texto para um plug-in que cria um pincel animado com letras de uma frase.

3.2.3. Editor de pincéis

Figura 15.37. O diálogo Editor de pincéis

O diálogo Editor de pincéis

O Editor de pincéis, ativado para um novo pincel


O Editor de pincéis permite que você veja os parâmetros de um pincel suprido pelo GIMP, e você pode alterá-los. Você também pode criar um pincel personalizado: clique no botão Novo pincel para ativar as funções do editor de pincéis; Você pode escolher uma forma geométrica, um círculo, um quadrado ou um diamante. Esse editor tem vários elementos:

A barra de diálogo: como em todas as janelas de diálogo, um click no pequeno triângulo traz um menu que permite configurar a aparência do editor de pincéis.

A barra de título: para dar um nome ao seu pincel.

A área de pré-visualização: alterações no pincel aparecem em tempo real na pré-visualização.

Configurações

Forma

Um círculo, um quadrado ou um losango são as formas básicas disponíveis. Você poderá modificá-las usando as opções seguintes:

Raio

A distância entre o centro do pincel e a borda, na direção da largura. Um quadrado com raio de 10 pixels terá um lado de 20 pixels. Um losango com raio de 5 pixels, terá uma largura de 10 pixels. A partir do GIMP 2.8 esse tamanho não é mais tão importante, já que é sobrepujado pela opção de Tamanho das opções de ferramenta para as ferramentas de pintura. Ao contrário de pincéis baseados em pixel, que são lidos de arquivos de imagem, os pincéis paramétricos não perdem qualidade se forem usados com um tamanho maior do que o tamanho em que estão salvos.

Pontas

Ao aumentar o número de pontas para um pincel quadrado, você obtém um polígono com mais lados. Com o pincel em forma de losango, você obtém pincéis em formato de estrela. Para pincéis redondos, com proporção diferente de 1,0, você obtém formas que lembram flores estilizadas.

Dureza

Esse parâmetro controla o quando a borda do pincel é enevoada. O valor = 1,00 gera um pincel com uma borda nítida (0,00 - 1,00)

Proporção

Esse parâmetro controla a proporção entre a largura e a altura do pincel. Um losango com raio de 5 pixels e proporção = 2 aparecerá achatado, com uma largura de 10 pixels e altura de 5 pixels.

Ângulo

Esse é o ângulo entre o pincel a direção da largura da largura do pincel, que normalmente é horizontal, e a direção horizontal, no sentido anti-horário. Quando esse valor aumenta, o pincel gira no sentido anti-horário (0° até 180°). Esse parâmetro é sobrepujado pelo atributo ângulo nas opções das ferramentas de pintura, e, de qualquer forma, é em geral mais útil quando se usa um ângulo que varia conforme o pincel é usado usando-se as dinâmicas de pintura.

Espaçamento

Quando o pincel desenha uma linha, o GIMP na verdade carimba a figura do pincel repetidamente na imagem. Quando as marcas estão próximas o suficiente, você tem a impressão de uma linha sólida. Em geral, você tem algo parecendo com uma linha sólida se usar pincéis redondos, um pouco enevoados,e valores pequenos, mas que não precisam ser igual a 1 - esse número é uma porcentagem da largura do pincel: então o espaçamento máximo, de 200, equivale a duas vezes a largura do pincel (1,00 - 200,00).

3.2.4. O pincel da área de transferência

Quando você usa o comando Copiar ou Cortar em uma imagem, ou uma seleção, uma cópia do conteúdo copiado aparece no canto superior esquerdo do diálogo de Pincéis. Esse pincel vai persistir até que você use o comando de Cópiar novamente. Ele desaparece ao fechar o GIMP.

Figura 15.38. Um novo Pincel da área de transferência

Um novo Pincel da área de transferência

[Nota] Nota

Você pode salvar esse pincel usando o comando EditarColar comoNovo pincel assim que ele aparece no diálogo de Pincéis. (veja Seção 3.12.4, “Colar como Novo pincel”.)