6. Pincéis

Figura 7.15. Exemplo de pinceladas

Exemplo de pinceladas

Uma série de exemplos de pinceladas pintadas usando diferentes pincéis do conjunto fornecido com o GIMP. Todos foram pintadas usando a ferramenta Pincel.


O pincel é um mapa de pixels, ou conjunto de mapas de pixelsusados para a pintura. O GIMP inclui um conjunto de 10 ferramentas de pintura, que não só executam operações que normalmente pensamos como pintura, mas também operações como apagar, copiar, manchar, clarear ou escurecer uma imagem, etc. Todas as ferramentas de pintura, exceto a ferramenta de Tinta, utilizam o mesmo conjunto de pincéis. Os mapas de pixels dos pincéis representam as marcas que são feitas por único toque do pincel na imagem. Uma pincelada, geralmente é feita movendo o cursor na imagem com o botão do mouse pressionado, e produz uma série de marcas espaçadas ao longo da trajetória, de modo especificado pelas características do pincel e da ferramenta de pintura que está em uso.

Pincéis podem ser selecionados clicando em um ícone no diálogo Pincéis. O pincel atual do GIMP é mostrado na área Pincel/Textura/Degradê da caixa de ferramentas (se essa área estiver ativa). Clicar no símbolo do pincel é uma forma de ativar o diálogo de pincéis.

Quando você instala o GIMP, ele vem com uma série de pincéis básicos, além de uns poucos bizarros que servem principalmente para lhe dar exemplos de que é possível (por exemplo, o pincel pepper ("pimentão") na ilustração). Você também pode criar novos pincéis, ou baixá-los e instalá-los, de modo que o GIMP irá reconhecê-los.

O GIMP pode usar vários tipos de pincéis. Todos eles, no entanto, são usados da mesma forma, e na maioria dos casos você não precisa se preocupar com as diferenças quando você pintar com eles. Esses são os tipos de pincel:

Pinceis Comuns

A maioria dos pincéis fornecidos com o GIMP se enquadram nesta categoria. Eles são representados na janela de pincéis por mapas de pixels em tons de cinza . Quando se pinta com eles, a cor de frente atual (como mostrado na área de cor da Caixa de ferramentas) substituí o preto, e o mapa de pixels mostrado no diálogo de pincéis representa o sinal que o pincel faz sobre a imagem.

Para criar um Pincel como este: Crie uma pequena imagem em tons de cinza (use um fator de zoom alto). Exporte-a com a extensão .gbr na pasta brushes do seu diretório pessoal do GIMP (verifique em Preferências/Pastas/Pincéis o caminho exato para esta pasta). Em seguida. clique no botão Atualizar no diálogo de Pinceis para obtê-lo na visualização, sem que seja necessário reiniciar o GIMP..

Pincéis coloridos

Pincéis nesta categoria são representados por imagens coloridas no diálogo de pincéis. Eles podem ser fotos, texto ou qualquer imagem. Quando você pinta com eles, as cores são usadas como mostradas, a cor de frente atual não entra em jogo. Para tudo o mais, eles funcionam da mesma maneira que pincéis comuns.

Para criar um pincel: Criar uma imagem RGBA pequena. Para isso, Abrir Nova Imagem, selecione RGB para o tipo de imagem e transparente para o tipo de preenchimento. Desenhe sua imagem e salve-a como um arquivo xcf, para manter suas propriedades. Em seguida, exporte-a no formato .gbr na pasta de pincéis do GIMP, como descrito acima. Por fim, clique no botão Atualizar na caixa de diálogo Pincel para obter o seu pincel.

[Dica] Dica

Quando você faz uma cópia ou um corte em uma seleção, você vê o conteúdo da área de transferência (que é a seleção) na primeira posição no diálogo de pincéis. E você pode usá-lo dirtamente para pintura, como qualquer outro pincel.

Figura 7.16. Seleção para Pincel após Copiar ou Cortar

Seleção para Pincel após Copiar ou Cortar

Mangueiras ou tubos de imagem

Pinceis nesta categoria podem fazer mais de um tipo de marca em uma imagem. Eles são indicados por pequenos triângulos vermelhos no canto inferior direito da miniatura do pincel na caixa de diálogo de pincéis. Eles são às vezes chamados "pincéis animados", pois as marcas mudam conforme você traça uma pincelada. Em princípio, os pincéis de mangueira de imagens podem ser muito sofisticados, principalmente se utilizar uma mesa digitalizadora, mudando a forma que é impressa em uma função do ângulo, da pressão e da inclinação da caneta utilizadas na pintura, etc... É possível que todas as possibilidades nunca tenham sido realmente exploradas a fundo. Os pincéis animados fornecidos com o GIMP são relativamente simples (mas ainda assim muito úteis). A partir GIMP-2,8, com a introdução de dinâmicas de pintura, se tornou bem mais simples personalizar muitas das coisas que só seriam possíveis com um pincel animado muito sofisticado no GIMP (por exemplo, um pincel que pode mudar de cor de acordo com a direção da pincelada e tamanho de acordo com a velocidade de pintura). No entanto, também abriu a possibilidade de se combinar um pincel animado sofisticado <emphasys>e</emphasys> dinâmicas de pinturas personalizadas. Você pode ser um pioneiro nessa fronteira.

Você vai encontrar um exemplo de como criar esses pincéis em pincéis Animados

Pinceis paramétricos

Estes são pincéis criados com o Editor de pincel, que permite gerar uma grande variedade de formas de pincel usando uma interface gráfica simples. Um bom recurso de pincéis paramétricos é que eles são redimensionáveis sem perda de qualidade. É possível, utilizando diálogo de Preferências, fazer com que teclas de atalho ou mouse ou girar a rodinha do mouse façam o pincel atual tornar-se maior ou menor. Por padrão, as ações de aumentar e diminuir o tamanho do pincel estão vinculadas respectivamente as teclas ] e [.

Todas os pincéis têm um tamanho variável. Na caixa de opções de todas as ferramentas de pintura, existe uma barra para aumentar ou reduzir o tamanho do pincel ativo. Você pode fazer isso diretamente na janela da imagem se você definiu corretamente a rodinha do mouse, ou com as teclas de atalho, veja Variando o tamanho do pincel.

Além do mapa de pixels do pincel, cada pincel do GIMP tem uma outra propriedade importante: o Espaçamento do pincel. Ele representa a distância entre as marcas de pincel consecutivas quando uma pincelada contínua é pintada. Cada pincel tem um valor padrão atribuído para o espaçamento, mas ele também pode ser modificado usando o diálogo de pincéis.

[Nota] Nota

GIMP-2.10 can use MyPaint brushes. Please refer to Seção 3.8, “MyPaint Brush” for more information.