3.5. Diálogo de paletas

Uma paleta é um conjunto de cores específicas, em nenhuma ordem particular. Veja a seção sobre Paletas para informação básica sobre paletas e como elas podem ser criadas e usadas.

O diálogo de Paletas é usado para selecionar uma paleta, clicando na mesma sobre a visão em lista ou em grade. Algumas dezenas de paletas escolhidas mais ou menos ao acaso são supridas junto com o GIMP, e você pode facilmente adicionar mais que você mesmo crie ou pegue de algum lugar. O diálogo de Paletas também da acesso a várias funcionalidades para criar novas paletas ou manipular as que já existem.

[Nota] Nota

O diálogo de paletas não é o mesmo que o diálogo de Mapa de cores, que em versões antigas do GIMP era chamado de diálogo de Paleta indexada. Aquele é usado para manipular o mapas de cores de imagens indexadas.

3.5.1. Ativando o diálogo

O diálogo de Paletas é um diálogo de encaixe;veja a seção Seção 2.3, “Caixas de diálogo e de encaixe” para mais informações sobre como gerenciá-lo.

Você pode acessa-lo:

  • Do menu da janela de imagens em JanelasDiálogos de encaixePaletas.

  • Do menu de guias de qualquer diálogo de encaixe, clicando em e selecionando Adicionar abaPaletas.

3.5.2. Usando o diálogo de paletas

Clicar numa paleta do diálogo seleciona essa paleta, e faz aparecer o diálogo Editor de paletas, que permite que você selecione as cores de frente ou de fundo do GIMP a partir da paleta escolhida simplesmente clicando nas cores. Você também pode navegar entre as cores usando as teclas-seta.

Com um clique-duplo no nome de uma paleta (no modo de visualização de lista), você pode editar seu nome. Perceba que você só pode editar os nomes de paletas que você mesmo tenha adicionado, não das que vem junto com o GIMP. Se você editar um nome em que você não tenha permissões de alteração, ele será revertido ao nome anterior quando você pressionar Enter ou clicar em outro elemento.

Modo de Grade/Lista

Figura 15.52. O diálogo de Paletas

O diálogo de Paletas

Visão em grade

O diálogo de Paletas

Visão em lista


No menu de Guias, você pode escolher entre Ver como grade e Ver como lista. No modo de Grade, as paletas aparecem numa grade retangular, tornando fácil ver muitas de uma vez e encontrar a que você está buscando. No modo de Lista, as paletas ficam numa lista, com os nomes de cada uma ao lado das pré-visualizações.

O sub menu de Tamanho da pré-visualização permite que você escolha o tamanho das células de cor.

Rotulando

Você pode usar rótulos (tags) para reorganizar quais paletas são exibidas. Veja Seção 3.6, “Rotulando”.

Os botões do diálogo de Paletas

Abaixo da visão das paletas, na parte de baixo do diálogo, há vários botões:

Editar paleta

Este botão abre o Seção 3.5.4, “Editor de Paleta”.

Nova paleta

Para mais informações sobre este botão, por favor, veja Nova paleta.

Duplicar paleta

Para mais informações sobre este botão, por favor veja Duplicar paleta.

Remover paleta

Para mais informações sobre este botão, por favor veja Remover paleta.

Atualizar paletas

Para mais informações sobre este botão, por favor veja Atualizar paletas.

3.5.3. O menu de contexto das Paletas

Figura 15.53. O menu de contexto das Paletas

O menu de contexto das Paletas

O menu de contexto das Paletas pode ser acessado clicando-se com o botão direito do mouse no diálogo, ou escolhendo-se o primeiro item do menu de guias.

[Nota] Nota

Some of the listed pop-menu entries are installation-dependent and need the Python language interpreter to be installed. This includes at the time of writing: Offset Palette..., Palette to gradient, Palette to Repeating Gradient and Sort Palette....

Editar paleta

Editar paleta é uma forma alternativa de ativar o diálogo Editor de paletas: ele também pode ser ativado por um clique-duplo no diálogo de paletas, ou pressionando-se o botão de Editar paleta na parte de baixo do diálogo.

Nova paleta

Nova paleta cria uma nova paleta, sem título, que inicialmente não contém nenhuma cor, e abre o Editor de paletas de forma que você possa adicionar cores à paleta. O resultado será salvo automaticamente na sua pasta de paletas na área de dados pessoais do GIMP (palettes) quando você sair do programa. Desta forma, a nova paleta estará disponível em sessões futuras.

Importar paleta

Figura 15.54. O diálogo de importar paletas

O diálogo de importar paletas

Importar paleta permite que você crie uma nova paleta a partir das cores em um degradê, uma imagem, ou um arquivo de paleta. Escolher esta opção abre o diálogo de Importar paleta, que dá as seguintes opções:

[Nota] Nota

Versões anteriores do GIMP possuíam um comando de Salvar paleta. Ele não existe mais, para salvar a paleta de uma imagem, seja ela indexada ou não, você deve importar a paleta da imagem.

Selecionar fonte

Você pode importar uma paleta de qualquer um dos degradês do GIMP (escolhendo um do menu ao lado), ou de qualquer uma das imagens abertas (que podem ser escolhidas do menu ao lado). Desde o GIMP 2.2, você também pode importar um arquivo de paleta do tipo .RIFF (com extensão .pal), do tipo que é usado por vários aplicativos do Microsoft Windows.

Há duas opções relativas à fonte em imagem que estão disponíveis apenas para imagens RGB:

  • Amostra combinada: quando esta opção está ligada, as cores são tomadas dos pixels nas camadas visíveis, como aparecem na visualização da imagem. Se estiver desligada, os pixels são tomados apenas da camada ativa, mesmo que ela não seja visível.

  • Somente dos pixels selecionados: Como o nome descreve, os pixels com cores são tomados apenas dentro da seleção ativa na imagem, seja da camada ativa, ou da composição final, conforme a opção anterior.

Nome da paleta

Você pode dar um nome para a paleta aqui. Se o nome que você escolher já estiver em uso por outra paleta, um nome único será formado com o acréscimo de um número (por exemplo, "#1").

Número de cores

Aqui você especifica o número de cores da paleta. O padrão é 256 por três razões: (1) os degradês do GIMP contém 256 cores no total, (2) Arquivos GIF tem no máximo 256 cores; (3) Imagens indexadas no GIMP podem conter no máximo 256 cores distintas. Você pode colocar o número de cores que desejar aqui, o GIMP vai tentar criar uma paleta espaçando o número de cores especificado na faixa de cores do degradê ou imagem de origem.

Colunas

Aqui você especifica o número de colunas de uma paleta. Isso afeta apenas a forma como a paleta é exibida, e não tem efeito na forma como a paleta é usada.

Intervalo

Mesmo configurando o Número de cores para o máximo, o número de cores não pode exceder 10000 na paleta. Imagens RGB podem ter muito mais cores. O controle de Intervalo deveria permitir agrupar cores similares em torno de uma média e forma a se ter uma paleta melhor. Esse problema não existe com imagens indexadas que tem no máximo 256 cores: o intervalo em 1 usar 256 cores da imagem (a opção de intervalo fica desligada para paletas com mais de 256 cores)

A paleta importada será adicionada ao diálogo de Paletas, e salva automaticamente na sua pasta pessoal de paletas do GIMP quando você sair – desta forma ela estará disponível em sessões futuras do GIMP.

Duplicar paleta

Duplicar paleta cria uma nova paleta copiando a paleta que está selecionada, e abre um Editor de paletas, de forma que você possa alterar a cópia. O resultado será salvo automaticamente na sua pasta pessoal de paletas do GIMP quando você sair – desta forma ela estará disponível em sessões futuras do GIMP.

Combinar paletas

Atualmente esta opção não está implementada, e a entrada do menu estará sempre insensível.

Copiar localização da paleta

Este comando permite que você copie o caminho do arquivo de paletas para a área de transferência. Você pode então abrir esse arquivo num editor de textos, e edita-lo manualmente, se desejar.

Remover paleta

Remover paleta apaga a paleta do diálogo de Paletas, e remove o arquivo em disco no qual a mesma está arquivada. Antes de agir, ele pede uma confirmação de que você realmente deseja fazer isso. Note que você não pode remover nenhuma das paletas que vem junto com o GIMP, somente as que você mesmo tenha adicionado.

Atualizar paletas

Atualizar paletas lê novamente todas as suas pastas de paletas, configuradas nas Preferências, e adiciona todas as novas paletas encontradas ao diálogo de Paletas. Isso é útil se você obtiver um arquivo de paletas de uma fonte externa, e gravar o arquivo diretamente em uma dessas pastas, e quiser usá-las sem precisar re-iniciar o GIMP.

Deslocar paleta...

Este comando abre uma janela de diálogo:

Figura 15.55. O diálogo de Deslocar paleta

O diálogo de Deslocar paleta

Este comando pega a última cor da paleta e a coloca como primeira cor. O parâmetro Deslocamento permite escolher quantas vezes isso será feito.

Com deslocamentos negativos, as cores que estão no início da paleta são colocadas no final.

Figura 15.56. Exemplos de Deslocar paleta

Exemplos de Deslocar paleta

De cima para baixo: paleta original, Deslocamento = 1, Deslocamento = 2.


Paleta para degradê

Com esse comando, todas as cores da paleta são usadas para criar um novo degradê, que fica salvo no diálogo de Degradês. O degradê criado fica com tantos segmentos quantas cores existem na paleta de origem.

Paleta para degradê com repetições

Este comando cria um degradê que pode ser repetido: a última cor do último segmento é a mesma que a primeira cor do primeiro segmento. Como no comando anterior, um novo degradê é criado e salvo no diálogo de Degradês.

Figura 15.57. Exemplos de Paleta para degradê com repetições

Exemplos de Paleta para degradê com repetições

Alto: paleta. Abaixo: degradê criado com o comando.


Ordenar paleta...

Este comando abre uma janela de diálogo que lhe permite ordenar as cores de uma paleta de acordo com certos critérios:

Figura 15.58. O diálogo de Ordenar paleta

O diálogo de Ordenar paleta

  • Modelo de cor: você pode escolher entre RGB e HSV

  • Canal a ordenar: você pode escolher entre os três canais de cor se o modo RGB estiver selecionado, ou estes canais HSV se o modelo HSV estiver selecionado.

  • Ascendente (o padrão é Sim): os valores são ordenados do menor para o maior. Ao clicar nesse Sim você pode muda-lo para Não, e os valores serão ordenados em ordem decrescente.

3.5.4. Editor de Paleta

Figura 15.59. O editor de paleta

O editor de paleta

O editor de paleta é usado para dois propósitos principais: para escolher a cor de frente ou de fundo do GIMP, (como são mostradas na área de cores da Caixa de ferramentas), escolhendo cores da paleta, ou para modificar a paleta. Você pode ativar o editor para qualquer paleta a partir do diálogo de Paletas, mas você só pode modificar paletas que você mesmo tenha criado, não as paletas que vem instaladas com o GIMP. (Você pode, no entanto, duplicar qualquer paleta e editar a cópia recém criada.) Se você modificar a paleta, os resultados do seu trabalho serão salvos automaticamente quando você sair do GIMP.

3.5.4.1. Como ativar o editor de Paletas

O Editor de paletas só é acessível a partir do diálogo de paletas. Você pode acessá-lo com um clique-duplo em uma paleta, ou pressionando o botão (Editar paleta) na parte de baixo do diálogo, ou escolhendo Editar paleta do menu de contexto das Paletas.

O editor de Paletas é um diálogo de encaixe;veja a seção Seção 2.3, “Caixas de diálogo e de encaixe” para mais informações sobre como gerenciá-lo.

3.5.4.2. Usando o editor de Paletas

Se você clicar em uma caixa de cor, a cor de frente do GIMP passará a ser aquela: você pode ver isso na área de cores da Caixa de ferramentas (se ela estiver configurada para ser visível). A cor de fundo será configurada se você mantiver a tecla Ctrl pressionada ao clicar.

Se a paleta for uma paleta personalizada, um duplo-clique em uma cor não só seleciona a cor de frente, mas também abre um editor de cores que permite que você modifique a entrada de paleta selecionada.

Clicar com o botão direito na área da paleta abre o menu de contexto do editor de Paletas. Suas funções são as mesmas que existem nos botões na parte de baixo do diálogo.

Abaixo da área de paleta, do lado esquerdo, aparece uma área de entrada de texto que exibe o nome da cor selecionada, (ou Sem título se ela não possui uma). Esta informação não tem nenhuma diferença funcional para a cor, e é apresentada apenas como auxílio de memória.

À direita do nome da cor, há uma entrada que permite que você configure o número de colunas usado para exibir a paleta. Isso afeta somente a exibição da paleta, não seu funcionamento. Se o valor for colocado em 0, um número padrão será usado.

Na parte inferior do diálogo há alguns botões, que na sua maioria correspondem as entradas do menu de contexto do editor de Paletas, que é acessível clicando-se com o botão da direita na área da paleta. Esses são os botões:

Salvar

Esse botão faz a paleta ser salva imediatamente na sua pasta pessoal de Paletas (palettes). Ela seria salva automaticamente ao sair do GIMP, de qualquer forma, mas você pode querer usar esse botão se estiver preocupado que o GIMP possa travar, ou se quiser usar o arquivo de paleta em outro programa.

Reverter

Essa operação não foi implementada

Editar cor

Faz aparecer um diálogo em que a cor pode ser alterada. Se a paleta estiver numa pasta que você não possa modificar, esse botão estará insensível. Veja abaixo;

Nova cor da cor de Frente

Para maiores informações sobre esse botão, veja abaixo

Remover cor

Para maiores informações sobre esse botão, veja abaixo.

Diminuir visualização

Para maiores informações sobre esse botão, por favor veja abaixo

Aumentar visualização

Para maiores informações sobre esse botão, veja abaixo

Tamanho normal

Para maiores informações sobre esse botão, veja abaixo

3.5.5. O menu de contexto do editor de Paletas

Figura 15.60. O menu de contexto do editor de Paletas

O menu de contexto do editor de Paletas

O menu de contexto do editor de Paletas pode ser acessado com um clique do botão direito na área de cores do Editor de paletas, ou escolhendo-se a primeira entrada no menu de Guias. As operações que estão disponíveis correspondem aos botões que estão na parte inferior do diálogo.

Editar cor

Editar cor faz aparecer um diálogo de edição de cores que permite que você modifique a cor selecionada na paleta. Se a paleta é uma que você não puder editar (uma das que vem com o GIMP quando é instalado), essa entrada de menu estará desabilitada.

Adicionar cor de frente; Adicionar cor de fundo

Esses comandos criam uma nova entrada na paleta, usando ou a cor de Frente do GIMP (que aparece na Caixa de ferramentas), ou a cor de Fundo atual. Note que você também pode arrastar diretamente as cores tanto da Caixa de ferramentas, como a partir do Editor de cores para a paleta. Esse método é muito mais produtivo se você quer criar uma paleta com várias cores diferentes.

Remover cor

Remover cor: Remove a cor selecionada da paleta. Se a paleta é uma que você não puder editar, este comando estará desabilitado.

Diminuir visualização

Diminuir reduz a altura das entradas de cor na visualização da paleta.

Aumentar visualização

Aumentar aumenta a altura das entradas de cor na visualização da paleta.

Tamanho normal

Ver todas ajusta o tamanho vertical das entradas de cor de forma que toda a paleta caiba na área destinada a visualização.

Editar paleta ativa

Quando esta opção está habilitada (padrão), você pode editar uma outra paleta clicando no diálogo de Paletas.