5. O que há de novo no GIMP 2.2?

Here is a brief summary of some of the most important new features introduced in GIMP 2.2. There are many other smaller changes that long-time users will notice and appreciate (or complain about!). There are also important changes at the level of plug-in programming and Script-Fu creating that are not covered here.

Interoperabilidade e suporte a padrões
  • Você pode arrastar ou copiar dados de imagem do GIMP para qualquer aplicação que suporte imagens arrastar e soltar imagens png (atualmente pelo menos Abiword e o Kword) e imagens em xml+svg (o Inkscape suporta isto). Ou seja, você pode copiar e colar curvas no GIMP do Inkscape, e então arrastar uma seleção para Abiword e então para inclui-la em linha no seu documento.

  • As texturas agora podem estar em qualquer formato suportado pelo GtkPixbuf, incluindo png, jpeg, xbm e outros.

  • O GIMP pode carregar gradientes de arquivos SVG, e paletas de arquivos ACT e RIFF.

  • O suporte a clicar e arrastar foi estendido. Agora você pode arrastar arquivos e URLs para uma janela de imagem, onde elas serão abertas na imagem existente na forma de novas camadas.

    [Nota] Nota

    Por favor, perceba que o arrastar e soltar não funcionará no Apple Mac OS X entre o GIMP e o buscador. Isso acontece devido a uma falta de funcionalidades no X11.app do Apple

Editor de atalhos de teclado

Agora você pode editar seus atalhos em uma janela dedicada, assim como continuar a usar a pouco conhecida função de atalhos dinâmicos de teclado (a qual existe desde a versão 1.2).

Pré-visualizações de plug-ins

Nós providenciamos um novo padrão de widget para pré-visualização para autores de plug-ins que reduz significativamente a quantidade de código necessária para suportar pré-visualizações. David Odin integrou este widget em todos os filtros atuais, para que agora muitos mais filtros do GIMP possam incluir uma pré-visualização que se atualiza em tempo real, e que também que eles se comportem de forma muito mais consistente.

Pré-visualizações em tempo real de operações de transformações

As ferramentas de transformações (inclinar, redimensionar, perspectiva e rotacionar) agora podem mostrar uma pré-visualização em tempo real do resultado da operação, se ela estiver operando da forma Normal. Previamente, apenas uma grade de transformação era mostrada.

Conformidade com o guia de interface humana do GNOME

Foi dedicado bastante trabalho para fazer a interface do GIMP simples e mais intuitiva para novos usuários. A maioria da janelas agora seguem a GIH (Guia de Interface Humana) do GNOME até onde podemos avaliar.Inclusive, janelas foram separadas ou tiveram diversas opções avançadas removidas, e substituídas por opções padrão razoáveis, ou foram escondidas e estão acessíveis por um controle de expandir.

Migração para a GTK+ 2.4
  • Os menus usam a GtkUIManager para gerar uma estrutura de menu dinâmica a partir de arquivos de dados XML.

  • Um seletor de arquivos completamente renovado é usado em todas as partes do GIMP para a abertura ou salvamento de arquivos. A melhor coisa sobre ele é que isso permite que você crie uma seleção de marcadores, tornando possível navegar rápida e facilmente entre diretórios usados com mais frequência.

  • O GIMP agora suporta os sofisticados cursores ARGB quando estes estão disponíveis no sistema.

Suporte básico de vetores

Por usar o plug-in GFig, o GIMP agora suporta as funcionalidades básicas de camadas de vetores. O plug-in GFig suporta um bom número de características de vetores gráficos, tais como preenchimento com degradê, curvas de Bezier, e traçado de curvas. Esse também é o meio mais fácil para criar polígonos regulares ou irregulares no GIMP. Com o GIMP 2.2, você pode criar camadas com GFig, e reeditar essas camadas depois também no GFig. Entretanto, esse nível de suporte a vetores ainda é muito primitivo comparado a programas gráficos dedicados à gráficos vetoriais, como o Inkscape.

Também...

Existem várias outras funcionalidades, pequenas mas visíveis ao usuário. Uma lista rápida de algumas delas está disponível abaixo.

  • Agora é possível rodar o GIMP no modo batch sem um servidor X.

  • Nós temos um binário do GIMP (console-GIMP) que não está sequer ligado ao GTK+.

  • Interface melhorada para dispositivos de entrada estendidos

  • Caixa de ferramentas personalizável: Agora você pode decidir quais ferramentas devem aparecer na caixa de ferramentas, e a ordem delas. Ao seu gosto, você pode adicionar algumas ou todas as ferramentas de cores à caixa de ferramentas se desejar.

  • O histograma sobrepõe os histogramas R, G e B no histograma de valor, e calcula o histograma apenas para o conteúdo selecionado.

  • Agora os atalhos de teclado se compartilham entre todas as janelas do GIMP.