2. Modos de Camada

O GIMP possui 21 modos de camada. Modos de camada também são chamados de modos de mistura. Selecionar um modo de camada vai alterar a aparência da camada ou da imagem, com base no que está visível abaixo dessa camada . Se existe apenas uma camada, o modo de camada em geral não tem nenhum efeito (exceto para o modo Dissolver). Portanto, deve haver pelo menos duas camadas, para que a imagem seja capaz de utilizar modos de camada.

Você pode definir o modo de camada no menu de Modo guilabel> no diGIMPacronym> utiliza o modo de camada para determinar como combinar cada pixel na camada superior com o elemento de imagem no mesmo local na camada inferior.

[Nota] Nota

Há uma lista flutuante no diálogo de opções de ferramentas que contém os modos que afetam as ferramentas de pintura de forma semelhante aos modos de camada. Você pode usar os mesmos modos de pintura que estão disponíveis para as camadas, e ainda há dois modos adicionais apenas para as ferramentas de pintura. Veja Seção 3.3, “Brush Tools (Pencil, Paintbrush, Airbrush)”.

Modos de camada permitem mudanças de cor complexas na imagem. Muitas vezes eles são usados com uma nova camada que atua como um tipo de máscara. Por exemplo, se você colocar uma camada branca sólida sobre uma imagem e definir o modo de camada dessa nova camada para Saturação, as camadas subjacentes visíveis aparecerão em tons de cinza.

Figura 8.8. Imagens (máscaras) para exemplos de modos de camada

Imagens (máscaras) para exemplos de modos de camada

Máscara 1

Imagens (máscaras) para exemplos de modos de camada

Máscara 2


Figura 8.9. Imagens (fundos) para exemplos de modo de camada

Imagens (fundos) para exemplos de modo de camada

Boneco de lata

Imagens (fundos) para exemplos de modo de camada

Patos


Nas descrições dos modos de camada inferiores, as equações também são mostradas. Isto é para aqueles que estão curiosos sobre a matemática dos modos de camada. Você não precisa entender as equações, a fim de usar os modos de camada de forma eficaz, no entanto.

As equações estão em uma notação abreviada. Por exemplo, a equação

Equação 8.1. Exemplo


significa, Para cada pixel da camada superior(Máscara) e da camada inferior (Imagem), somar cada um dos componentes de cor correspondentes entre si para formar a cor do pixel resultante(<emphasi>Eemphasis>). quote> Componentes de cor do pixel devem estar sempre entre 0 e 255.</emphasi>

[Nota] Nota

A menos que a descrição abaixo diga o contrário, um componente de cor negativo é definido como 0 e um componente de cor maior que 255 é 255.

Os exemplos abaixo mostram os efeitos de cada um dos modos.

Uma vez que os resultados de cada modo variam muito, dependendo das cores das camadas, essas imagens só podem dar uma idéia geral de como funcionam os modos. Você é encorajado a experimentá-los. Você pode começar com duas camadas similares, onde uma é cópia da outra, mas modificando-a ligeiramente (deixe a desfocada, movida, girada, redimensionada, inverta a cor, etc) e veja o que acontece em vários dos modos de camada.

Normal

Figura 8.10. Exemplo para o modo de camada Normal

Exemplo para o modo de camada Normal

Ambas as imagens são combinadas uma com a outra com a mesma intensidade.

Exemplo para o modo de camada Normal

Com 100% de opacidade apenas a camada superior é mostrada quando a combinação é feita no modo Normal.


O modo Normal é o modo da camada padrão. A camada em cima cobre as camadas abaixo dela. Se você quer ver qualquer coisa abaixo da camada superior quando você usar este modo, a camada deve ter algumas áreas transparentes.

A equação é:

Equação 8.2. Equação para o modo de camada Normal


Dissolver

Figura 8.11. Exemplo para o modo de camada Dissolver

Exemplo para o modo de camada Dissolver

Ambas as imagens são combinadas uma com a outra com a mesma intensidade.

Exemplo para o modo de camada Dissolver

Com 100% de opacidade apenas a camada superior é mostrada quando se está usando o modo dissolver.


O modo Dissolver dissolve a camada superior na camada abaixo dela pelo desenho de um padrão aleatório de pixels em áreas de transparência parcial. É útil como um modo de camada, mas geralmente também é útil como um modo de pintura.

Isto é especialmente visível o longo das bordas em uma imagem. É mais fácil ver em uma captura de tela ampliada. A imagem à esquerda ilustra o modo de camada Normal (ampliada) e a imagem da direita mostra as mesmas duas camadas no Modo Dissolver, onde pode ser visto claramente como os pixels estão dispersos.

Figura 8.12. Capturas de tela ampliadas

Capturas de tela ampliadas

Nodo normal

Capturas de tela ampliadas

Modo dissolver


Multiplicar

Figura 8.13. Exemplo para o modo de camada Multiplicar

Exemplo para o modo de camada Multiplicar

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Multiplicar

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Multiplicar multiplica os valores dos componentes dos pixels da camada superior com os da camada inferior e então divide o resultado por 255. O resultado é geralmente uma imagem mais escura. Se qualquer camada é branca, a imagem resultante é o mesma que a outra camada (1 * I = I). Se qualquer camada é preto, a imagem resultante é completamente preta (0 * I = 0).

A equação é:

Equação 8.3. Equação para o modo de camada Multiplicar


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Dividir

Figura 8.14. Exemplo para o modo de camada Dividir

Exemplo para o modo de camada Dividir

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Dividir

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Dividir multiplica cada valor de pixel na camada inferior por 256 e depois divide pelo valor do pixel correspondente da camada superior mais um. (Ao adicionar um ao denominador evita-se a divisão por zero.) A imagem resultante é muitas vezes mais clara, e às vezes parece queimada.

A equação é:

Equação 8.4. Equação para o modo de camada Dividir


Esconder

Figura 8.15. Exemplo para o modo de camada Esconder

Exemplo para o modo de camada Esconder

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Esconder

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Esconder inverte os valores de cada um dos pixels visíveis nas duas camadas da imagem. (Isto é, ela subtrai cada componente deles de 255). Em seguida, ele os multiplica entre si, divide por 255 e inverte este valor novamente. A imagem resultante é geralmente mais brilhante, e às vezes de aparência lavada. As exceções a isto são as camadas em preto, o que não altera a outra camada, e uma camada em branco, o que resulta em uma imagem branca. Cores mais escuras na imagem aparentam ser transparentes.

A equação é:

Equação 8.5. Equação para o modo de camada Esconder


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Sobrepor

Figura 8.16. Exemplo para o modo de camada Sobrepor

Exemplo para o modo de camada Sobrepor

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Sobrepor

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Sobrepor inverte o valor do pixel da camada inferior, multiplica-o por duas vezes o valor do pixel da camada superior, adiciona isso ao valor original do pixel da camada inferior, divide por 255, e depois multiplica pelo valor do pixel da camada original inferior e divide por 255 novamente. O efeito geral é que ele escurece, a imagem, mas não tanto quanto com o modo Multiplicar.

A equação é: [5]

Equação 8.6. Equação para o modo de camada Sobrepor


Sub-exposição

Figura 8.17. Exemplo para o modo de camada Sub-exposição

Exemplo para o modo de camada Sub-exposição

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Sub-exposição

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Sub-exposição multiplica o valor do pixel da camada inferior por 256, que então divide pelo inverso do valor do pixel da camada superior. A imagem resultante é geralmente mais clara, mas algumas cores podem ser invertidas.

Na fotografia, a sub-exposição é uma técnica usada em uma câmara escura para diminuir a exposição em áreas específicas da imagem. Isso traz a tona detalhes as sombras. Quando utilizado para este fim, o modo Sub-exposição pode trabalhar melhor em imagens em tons de cinza e com uma ferramenta de pintura, em vez de um modo de camada.

A equação é:

Equação 8.7. Equação para o modo de camada Sub-exposição


Super-exposição

Figura 8.18. Exemplo para o modo de camada Super-exposição

Exemplo para o modo de camada Super-exposição

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Super-exposição

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Super-exposição inverte o valor do pixel da camada inferior, multiplica-o por 256, divide por um mais o valor do pixel da camada superior e, em seguida inverte o resultado. Ele tende a tornar a imagem mais escura, um pouco semelhante ao modo Multiplicação.

Na fotografia, a Super-exposição é uma técnica usada em uma câmara escura para aumentar a exposição em áreas específicas da imagem. Isso torna visíveis mais detalhes nas partes claras. Quando utilizado para este fim, a Super-exposição pode funcionar melhor em imagens em tons de cinza e como uma ferramenta de pintura, em vez de um modo de camada.

A equação é:

Equação 8.8. Equação para o modo de camada Super-exposição


Luz dura

Figura 8.19. Exemplo para modo de camada Luz dura

Exemplo para modo de camada Luz dura

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para modo de camada Luz dura

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Luz dura é bastante complicado porque a equação é composta por duas partes, uma para cores mais escuras e outra para cores mais claras. Se a cor do pixel da camada superior é maior do que 128, as camadas são combinadas de acordo com a primeira fórmula mostrada abaixo. Caso contrário, os valores de pixel da camadas superior e inferior são multiplicados e multiplicado por dois, e divididos por 256. Você pode usar este modo de combinar duas fotografias e obter cores brilhantes e bordas nítidas.

A equação é complexa e diferente de acordo com o valor >128 ou ≤ 128:

Equação 8.9. Equação para modo de camada Luz dura, M > 128


Equação 8.10. Equação para modo de camada Luz dura, M > 128


Luz suave

Figura 8.20. Exemplo para o modo de camada Luz suave

Exemplo para o modo de camada Luz suave

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Luz suave

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O Modo luz suave não está relacionado a luz dura em nada, alSobrepor. Em algumas versGIMP, o modo Sobrepor e o modo Luz suave s

A equação é complicada. Ela precisa de Rs, o resultado do modo Esconder:

Equação 8.11. Equação para o modo de camada Esconder


Equação 8.12. Equação para modo de camada Luz suave


Extrair grãos

Figura 8.21. Exemplo para a camada de modo Extrair grãos

Exemplo para a camada de modo Extrair grãos

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para a camada de modo Extrair grãos

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O Modo Extrair grãos poderia extrair os grãos do filme de uma camada para a criação de uma nova camada que é composta só de grãos, mas também pode ser útil para dar as imagens uma aparência de relevo. Ele subtrai o valor do pixel da camada superior do pixel na camada inferior e adiciona 128.

A equação é:

Equação 8.13. Equação para o modo de camada Extrair grãos


Mesclar grãos

Existem mais dois modos de camada, mas estes estão disponíveis apenas para ferramentas de pintura. Veja Modos de pintura para obter informações detalhadas.

Figura 8.22. Exemplo para o modo de camada Mesclar grãos

Exemplo para o modo de camada Mesclar grãos

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Mesclar grãos

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Mesclar grãos combina uma camada de grãos (possivelmente criada a partir do Modo Extrair grãos ) na camada atual, deixando uma versão granulada da camada original. Ele faz exatamente o oposto de Extrair de grãos. Ele adiciona os valores de pixels das camadas superior e inferior e subtrai 128.

A equação é:

Equação 8.14. Equação para o modo de camada Mesclar grãos


Diferença

Figura 8.23. Exemplo para o modo de camada Diferença

Exemplo para o modo de camada Diferença

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Diferença

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Diferençasubtrai o valor do pixel da camada superior da camada inferior e, em seguida, toma o valor absoluto do resultado. Não importa a aparência das duas primeiras camadas, o resultado pode parecer bastante estranho. Você pode usá-lo para inverter os elementos de uma imagem, criando uma camada completamente branca no modo Diferença por cima, por exemplo.

A equação é:

Equação 8.15. Equação para o modo de camada Diferença


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Adição

Figura 8.24. Exemplo para o modo de camada Adicionar

Exemplo para o modo de camada Adicionar

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Adicionar

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Adicionar é muito simples. Os valores de pixel da camadas superior e inferior são adicionados uns aos outros. A imagem resultante é geralmente mais clara. A equação pode resultar em valores de cores maiores que 255, portanto, algumas das cores claras podem ser ajustadas para o valor máximo de 255.

A equação é:

Equação 8.16. Equação para o modo de camada Adicionar


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Subtrair

Figura 8.25. Exemplo para o modo de camada Subtrair

Exemplo para o modo de camada Subtrair

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Subtrair

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Subtrair subtrai os valores de pixel da camada superior dos valores de pixel da camada inferior. A imagem resultante é, normalmente, mais escura. Você pode ter um monte de preto ou uma imagem resultante quase preta. A equação pode resultar em valores negativos para as cores mais escuras, portanto, elas serão ajustadas para o valor mínimo de 0.

A equação é:

Equação 8.17. Equação para o modo de camada Subtrair


Somente escurecer

Figura 8.26. Exemplo para o modo de camadas Somente escurecer

Exemplo para o modo de camadas Somente escurecer

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camadas Somente escurecer

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Somente escurecerguimenuitem> compara cada componente de cada pixel na camada superior com o correspondente na camada inferior e usa o menor valor na imagem resultante. Camadas completamente brancas n

A equação é:

Equação 8.18. Equação para o modo de camada apenas Escurecer


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Somente clarear

Figura 8.27. Exemplo para modo de camadas Somente clarear

Exemplo para modo de camadas Somente clarear

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para modo de camadas Somente clarear

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Somente clarear compara cada componente de cada pixel na camada superior com o correspondente na camada inferior e utiliza o valor maior na imagem resultante. Camadas completamente pretas não têm efeito sobre a imagem final e camadas completamente brancas resultam em uma imagem branca.

A equação é:

Equação 8.19. Equação para o modo de camada Somente Clarear


Este modo é comutativo; não importa a ordem das duas camadas.

Matiz

Figura 8.28. Exemplo para modo de camadas Matiz

Exemplo para modo de camadas Matiz

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para modo de camadas Matiz

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Matiz utiliza o matiz da camada superior e a saturação e o valor da camada inferior para formar a imagem resultante. No entanto, se a saturação da camada superior é igual for zero, a tonalidade é retirada da camada inferior, também.

Saturação

Figura 8.29. Exemplo para o modo de camada Saturação

Exemplo para o modo de camada Saturação

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Saturação

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Saturação utiliza a saturação da camada superior e o matiz e o valor da camada inferior para formar a imagem resultante.

Cor

Figura 8.30. Exemplo para o modo de camada Cor

Exemplo para o modo de camada Cor

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada Cor

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Cor usa o matiz e a saturação da camada superior e o valor da camada inferior para formar a imagem resultante.

Valor

Figura 8.31. Exemplo para o modo de camada valor

Exemplo para o modo de camada valor

Máscara 1 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.

Exemplo para o modo de camada valor

Máscara 2 é usada como a camada superior com 100% de opacidade.


O modo Valor utiliza o valor da camada superior e asaturação e o matiz da camada inferior para formar a imagem resultante. Você pode usar este modo para revelar detalhes em áreas escuras e claras de uma imagem sem alterar a saturação e as cores em geral.

Cada camada de uma imagem pode ter um modo de camada diferente. (Naturalmente, o modo de camada da camada de fundo de uma imagem não tem efeito.) Os efeitos destes modos de camada são cumulativos. A imagem abaixo tem três camadas. A camada superior é constituída por Wilber cercada por transparência e tem um modo de camada de Diferença. A segunda camada é azul-claro sólido e tem um modo de camada de Adição. A camada inferior é preenchida com o padrão Cubos Vermelhos.

Figura 8.32. Exemplo de multi-camadas

Exemplo de multi-camadas

O GIMP também tem modos semelhantes, que são utilizados para as ferramentas de pintura. Estes são os mesmos 21 modos como os modos de camada, além de adicionalmente dois modos que são específicos para as ferramentas de pintura. Você pode definir esses modos a partir do menu Modo na janela de opção de Ferramentas. Nas equações mostradas acima, a camada que está pintando está sobre a camada inferior e os pixels pintados pela ferramenta são a camada superior. Naturalmente, você não precisa de mais do que uma camada na imagem para usar esses modos, uma vez que só operam na camada atual com ferramenta de pintura selecionada.

Veja Seção 3.1.3, “Paint Mode Examples” para uma descrição dos dois modos de pintura adicionais.



[5] Esta equação é a equação *teórica*. Devido ao Bug #162395 , a equação atual é equivalente a luz suave. É difícil corrigir este bug sem alterar a aparência das imagens existentes.